WHEY PROTEIN SEU MELHOR ALIADO.

Whey Protein seus segredos ocultos, como tomar? Quem pode? Quando pode?

 

 

Whey Protein é a proteína extraída do soro de leite, as principais vantagens de usar a Whey Protein ao invés de outras fontes de proteínas são o maior valor biológico. Outro fator importante, é a alta concentração de Glutamina e BCAA, uma pesquisa feita com outras fontes de proteína, obteve o resultado de que ela é a que fornece mais aminoácidos essenciais para o corpo, sem a adição de colesterol e gordura.

Diante de tantas pesquisas avançadas e estudos conseguiram desenvolver tipos diferentes sobre a proteína veja abaixo:

Whey Protein Isolado: mais puro e com alta concentração proteica, 90% ou mais, além de pouca gordura e lactose. O processo de filtração da proteína isolada é mais rígido, eliminando colesterol, gorduras, lactose e hidratos de carbono, por isso os níveis de proteína acabam sendo maiores. A proteína do soro de leite isolada auxilia na definição e construção muscular, sendo considerada uma proteína completa.

Whey Protein Concentrado: conforme os níveis de proteína diminuem, os volumes de gordura e lactose, normalmente, aumentam. Pelo fato de seu processo de filtragem ser mínimo, conservam-se frações mais benéficas da proteína. Recomenda-se seu consumo para dietas de redução calórica com objetivo de ganho de massa muscular.

Whey Protein Hidrolisado: por um processo chamado hidrólise, as cadeias de proteína são quebradas em segmentos ainda menores, chamados peptídeos, garantindo maior velocidade de absorção. É proteína de alta qualidade com menor possibilidade de provocar reações alérgicas.

 

 

 

BENEFÍCIOS 

 

]1- Complementa a ingestão proteica em pessoas com falta de apetite

2-Whey Protein pode auxiliar no emagrecimento e na redução da gordura corporal

3-Melhora do sistema imunológico

4-Aumento da densidade mineral óssea

5-Recuperação muscular e aumento da longevidade


Quantidade recomendada

A quantidade de Whey Protein que deve ser ingerida diariamente varia de acordo com a necessidade de cada um e tratamento que está fazendo. Não existe recomendação para o consumo diário de Whey Protein, nem para pessoas saudáveis e nem para atletas.

Para hipertrofia, o mais indicado é tomar a Whey no pós-treino junto com a dextrose, já que o carboidrato ajuda no transporte de nutrientes para dentro das células, sejam as proteínas, creatina, BCAA e Glutamina. Graças ao pico de insulina causado pelo alto índice glicêmico desse carboidrato. Mas se você já mantém uma alimentação equilibrada o ideal é tomar com água gelada.

E outro fator que é essencial, é sua rápida absorção, fundamental importância para quem faz uso dessa proteína para hipertrofia na musculação.
Pois logo após o treino, abrimos o que é chamada de janela de oportunidades onde o músculo está mais receptivo a nutrientes, proporcionando um alto grau de absorção de proteínas e seus aminoácidos. Garantindo com isso um perfeito ambiente anabólico, já que ela por si só, já aumenta a síntese proteica.

Cuidados ao consumir

Pessoas que ingerem o Whey Protein devem aumentar o consumo de água para não sobrecarregar os rins. Além disso, é importante manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios regularmente para obter os resultados desejados. Este suplemento quando consumido em quantidades corretas não contribui para o acúmulo de gorduras.

As melhores versões deste suplemento são aquelas com 80% a 90% de concentração proteica. Para descobrir esse valor, divida a quantidade de proteína da porção, informada na tabela nutricional pela porção. Por exemplo, 24 gramas de proteína dividido por 30 gramas da porção é igual a 0,8, ou seja, o a concentração proteica é 80%.

Pessoas com alergia à proteína do leite ou intolerância à lactose devem consumir os suplementos proteicos de arroz, carne ou soja. Para os veganos são orientados os suplementos de proteínas de soja e arroz. No caso de quem tem intolerância à lactose o Whey Protein hidrolisado também é uma alternativa.

O suplemento só pode ser ingerido após a orientação de um médico especializado ou de um nutricionista, educadores físicos não são os profissionais mais adequados para prescrever o consumo deste suplemento.

Riscos ao ingerir em excesso

Caso seja ingerido em excesso pode sobrecarregar os rins. Como os rins eliminam os produtos do metabolismo da proteína (como a ureia, a amônia, os resíduos nitrogenados), seu consumo elevado pode sobrecarregar o órgão, fazendo com que a função renal seja prejudicada progressivamente. Também pode haver sobrecarga do fígado, por ser o órgão responsável pela metabolização de aminoácidos.

Conclui-se que o whey protein é um tipo de proteína completo e de alta qualidade, que possui aminoácidos fundamentais para nossa saúde. Em relação à dosagem e ao momento de consumo, consulte seu nutricionista para adaptar o uso da proteína à sua rotina de treinos e aos alimentos ingeridos no seu dia a dia.